Escritórios em alta

//Escritórios em alta

Escritórios em alta

Contratação de galpões (Valor Economico)

A absorção líquida (diferença entre áreas contratadas e devolvidas) de condomínios industriais e logísticos cresceu 21%, no primeiro trimestre, no Estado de São Paulo, para 178,4 mil metros quadrados, de acordo com levantamento da consultoria Newmark Grubb Brasil. A região de Cajamar respondeu por 82% da absorção líquida do trimestre, e o destaque entre os contratantes de galpões foram os setores de varejo e comércio eletrônico. A absorção bruta somou 245 mil metros quadrados. A taxa de vacância caiu de 26,6% para 26,1%. Houve entrada de novo estoque de 101 mil metros quadrados. O preço médio pedido por mês caiu 4,6%, para R$ 18,5.

Escritórios em alta

Levantamento da Newmark Grubb Brasil aponta tendências de alta para os preços pedidos de locação de escritórios comerciais de alto padrão e de baixa da taxa de vacância desses imóveis na cidade de São Paulo. No primeiro trimestre, o preço médio pedido por metro quadrado locado ficou em R$ 80,63 – R$ 88,11 nas regiões prioritárias e R$ 53,95 nas demais. A absorção bruta de áreas chegou a 71.474 metros quadrados, e a absorção líquida foi de 43.279 metros quadrados. No fim de março, a taxa de vacância era de 21,5% – 20,6% nas regiões prioritárias e 25,23% nas demais. O estoque total de escritórios de alto padrão fechou em 4.646.046 metros quadrados.

By |2019-05-13T11:00:10+00:00maio 13th, 2019|Notícia|0 Comments

About the Author: