Santos Augusta

//Santos Augusta

Santos Augusta

Em 2018 realizamos um projeto para uma empresa da área de comércio eletrônico sofisticado. O projeto era bem desafiador, precisaríamos encontrar um espaço, de cerca de 1.000 m2 que pudesse abrigar a sede desta empresa, sem deslocar os funcionários muito longe do local que trabalhavam (estavam na região da Paulista), para gerar o mínimo de impacto negativo por mudança de local e hábitos.

Vários pontos deveriam ser considerados, como ser um ambiente “open”, integrado = toda a equipe no mesmo andar, e que pudesse refletir a imagem corporativa desta empresa.

Conhecendo a solução adotada, que foi o Ed. Santos Augusta, criado pelo arquiteto Isay Weinfeld, parece ser simples, o edifício é um marco na arquitetura da região da Paulista, com seus blocos que parecem girar no eixo, como se fosse um jogo.

No alt text provided for this image

Mas, sem conhecer a solução de um problema, a resolução não é tão simples assim.

Partimos da premissa que a equipe deveria ser acomodada em um único andarportanto o Santos Augusta estaria fora, uma vez que as lajes maiores tem cerca de 500m2, o que iria exigir dividir a equipe em dois.

Esta questão nos custou vários meses investigando edifícios que tinham andares (lajes) com cerca de 1.000 m2, e que portanto seriam os “candidatos” naturais.

Avaliamos vários edifícios, que se enquadravam em vários aspectos da busca, como estrutura digital compatível com uma empresa da área de comércio eletrônico, gerador total para as áreas privativas e comuns, piso elevado que acomodassem mudanças de layouts durante a operação, e imagem moderna…… mas mesmo assim, nosso grupo (cliente mais a equipe da 360) não estava satisfeita, faltava algo para a tomada de decisão e não conseguíamos finalizar o projeto.

A solução veio com a quebra da principal premissa, todos no mesmo andar, para todos no mesmo espaço, não necessariamente no mesmo andar !

Este problema foi solucionado por um arquiteto que participou do processo e deu a idéia de uma escada entre duas lajes, o que unificou os ambientes, colocando todos no mesmo espaço, mas não necessariamente todos no mesmo andar, uma espécie de “Ovo de Colombo”.

O Santos Augusta se mostrou a solução perfeita, une o sofisticado com o moderno, ou seja o digital com o sofisticado.

A entrada do Santos Augusta é por uma recepção em frente a um café, que dá uma sensação de estarmos fazendo um check in em um hotel boutique.

No alt text provided for this image

Nos andares de baixo tem um teatro e um restaurante bastante exclusivo.

No alt text provided for this image
No alt text provided for this image

Os arquitetos criam os edifícios com personalidades próprias, e é preciso sempre analisar se a personalidade do seu cliente combina com a do imóvel, caso contrário o projeto nunca será bem sucedido, e as vezes esta combinação coloca em questão as premissas mais rígidas do projeto.

By |2020-01-15T00:57:25+00:00janeiro 15th, 2020|Notícia|0 Comments

About the Author: