Locação de salas e escritórios em 2019

//Locação de salas e escritórios em 2019

Locação de salas e escritórios em 2019

COMO NEGOCIAR LOCAÇÃO EM 2019 ?

Como já havíamos comentado em alguns posts no final do ano passado, o mercado está mudando, e em algumas regiões já não existe disponibilidade de certas lajes. Em matéria publicada no Valor Econômico esta semana…

“No segmento de escritórios comerciais dos padrões A e A+ na cidade de São Paulo, a Colliers estima que a vacância fique abaixo de um dígito em 2019, situação que não ocorre desde 2013, conforme as pesquisas da consultoria. A Colliers projeta que, no fechamento de 2018, a taxa que mede a fatia de espaços vagos em relação ao total tenha ficado em torno de 19%, dois pontos percentuais abaixo da vacância registrada no fim de 2017.

“Não vai haver praticamente nada de entrega de escritórios nos dois próximos anos”, diz Betancourt. Diante da combinação de menor disponibilidade de áreas, poucas entregas previstas e aumento de demanda por parte de diversos setores – como financeiro e de consumo -, proprietários têm reduzido as concessões de prazo de carência para início do pagamento de aluguel e “cash allowance” (subsídios dos proprietários a novos locatários), segundo o executivo.

Por outro lado, os preços médios pedidos por metro quadrado locado de escritórios ainda são, negativamente, impactados pelos valores das regiões com vacância elevada. O preço médio pedido fechou em R$ 83 por metro quadrado, mas o valor supera R$ 100 nas regiões da Faria Lima JK, do Itaim Bibi, da Avenida Paulista e da Vila Olímpia, na zona Sul de São Paulo, de acordo com pesquisa da Colliers.

(segundo matéria do Valor) 

Mas a distribuição em SP não está equilibrada, algumas regiões apresentam baixa vacância, enquanto outras estão com vacância ainda alta, tbm na categoria dos prédios podemos verificar a mesma situação, os prédios de classificação melhor e mais novos, estão com vacância menor.

Este ano deve mudar a relação dos locatários com os proprietários, diminuindo carências e descontos.

Portanto para uma boa negociação, é importante considerar localidades e categorias alternativas.

 

By |2019-01-08T05:26:46+00:00janeiro 8th, 2019|Notícia|0 Comments

About the Author: